Dicas

Salton participa do documentário Legado Italiano como referência do espumante no mercado brasileiro

17.11.2020

Você já parou para pensar qual foi o momento em que o espumante deixou de ser visto como uma bebida inacessível para ocupar as prateleiras de supermercados, e assim permitir que o consumo brasileiro fosse habitual – e cheio de momentos para brindar? Pois é para abordar um pouquinho sobre esta transição tão importante na história da vitivinicultura que a Salton participa do “Legado Italiano”, documentário da diretora Marcia Monteiro que estreia no dia 19 de novembro nas plataformas digitais.

O filme mostra detalhes não só da imigração italiana, considerada um dos maiores fluxos migratórios da história, mas também ilustra como o cultivo da uva é uma das mais representativas heranças dos italianos que chegaram no Rio Grande do Sul no final do século 19. Além disso, é retratada a importância desse feito para o desenvolvimento, especialmente, da Serra Gaúcha.


Trecho do filme mostra como bebida se tornou popular nos lares dos brasileiros

Por ser a vinícola brasileira mais antiga em funcionamento, é impossível desassociar a Salton da história da vitivinicultura no país. E é justamente para falar sobre a inserção da elaboração de espumantes no mercado brasileiro que Daniel Salton dá seu depoimento no documentário. Presidente do Conselho de Administração e integrante da terceira geração no comando da vinícola, Daniel lembra que a iniciativa de introduzir o espumante no mercado nacional surgiu na virada dos anos 2000. “Quando eu era guri, a gente produzia espumante. Mas para se tomar um espumante lá em casa, tinha que ter algo muito excepcional. Isso porque espumante era coisa de rico! Existia essa conotação”, lembra.

No entanto, a chegada de um novo milênio despertou a vocação de brindar: o consumidor não abria mão de chegar ao novo ano com uma taça de espumante na mão! “A gente enxergou então o potencial do espumante. Se notou também que o preço em relação ao importado era muito menor. E a qualidade muito boa! Ao longo desses anos todos, começaram a existir novos espaços de consumo”, explica Daniel.

Atualmente, a Salton é líder no ranking de exportação de espumantes finos, segundo a APEX Brasil, com perspectiva de exportação de 1 milhão de garrafas até o final do ano.

O filme

Produzido pela Camisa Listrada, em coprodução com Globo Filmes, GloboNews e Celeiro Produções, o longa será distribuído pela Lança Filmes em formato on demand (locação digital) pelo site exclusivo www.legadoitaliano.com.br.

O documentário também é exibido até 18 de novembro, no GNC, em Caxias do Sul, e no Movie Arte L’America, em Bento Gonçalves.